Prefeitura Municipal de Abreulândia - Secretaria Municipal de Saúde recebe primeiras doses da vacina contra o Covid-19 Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Secretaria Municipal de Saúde recebe primeiras doses da vacina contra o Covid-19
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Secretaria Municipal de Saúde recebe primeiras doses da vacina contra o Covid-19

O município recebeu 20 doses para atender 34% dos profissionais de linha de frente do Coronavírus.

  • Publicado: Sexta, 22 de Janeiro de 2021, 14h29
  • Última atualização em Segunda, 25 de Janeiro de 2021, 13h35
Direita para esquerda, Silvio Montelo - Sec. Mun. de Saúde; Breno Soares - Médico da Unidade Básica de Saúde,, Iracema Alves - Técnica responsável pela vacinação, Cleidiane Leal - Enfermeira Coordenadora da Sala de vacina e Suelene Araújo - Técnica de Enfermagem da Unidade Básica de Saúde.
Direita para esquerda, Silvio Montelo - Sec. Mun. de Saúde; Breno Soares - Médico da Unidade Básica de Saúde,, Iracema Alves - Técnica responsável pela vacinação, Cleidiane Leal - Enfermeira Coordenadora da Sala de vacina e Suelene Araújo - Técnica de Enfermagem da Unidade Básica de Saúde.

Secretaria Municipal de Saúde de Abreulândia recebeu na tarde desta quinta-feira, 21 de janeiro, as primeiras vacinas contra o Covid-19. Nesta primeira etapa, o município foi contemplado com 20 doses da CoronaVac para atender à 34% dos profissionais de saúde que estão atuando na linha frente no combate ao coranavírus, seguindo orientação do Ministério da Saúde. O primeiro vacinado foi um dos motoristas de ambulância da Saúde de Abreulândia, Arlindo Pinheiro, de 51 anos.

Os demais que já foram vacinados são Marinalva Resplandes Santiago, diretora de Vigilância Sanitária; Adailde Oliveira de Sousa, Técnica de Enfermagem; Raimiam Abreu Carvalho, Motorista; Jerson Pereira Nogueira, Guarda da Unidade e Jeane Saldanha Silva, Recepcionista. Os vacinados precisam passar pelo procedimento de triagem com o médico da Unidade de Saúde e estão sendo atendidos entre um paciente e outro.

 

A Vacina

Arlindo Pinheiro, a primeira pessoa a receber a dose da vacina do Coronavac.

A CoronaVac é a vacina produzida pelo Instituto Butantan e aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para combater o novo Coranavírus, COVID-19, e está dividida em duas doses por pessoa. “Todos que foram vacinados receberam apenas a D1. Posteriormente será enviada as D2 para atender quem recebeu já recebeu a primeira”, afirmou a Técnica de Enfermagem responsável pela vacinação, Iracema Alves.

Segundo informações do site oficial do Instituto a vacina foi testada em 13.060 voluntários, todos profissionais da saúde e expostos diariamente à Covid-19. Metade desse grupo recebeu placebo e a outra metade tomou a vacina. Desde o início dos estudos, 252 pessoas foram infectadas, 167 do grupo placebo e 87 dos que tomaram a vacina.

“Os resultados do estudo da fase 3 mostraram que nos casos graves e moderados a eficácia é de 100%. Para os casos leves, 78% e, nos muito leves, 50,38%. Isso significa que temos 50,38% menos chances de contrair a doença. Se contrairmos, há 78% de chance de não precisarmos de qualquer atendimento médico e 100% de certeza de que a enfermidade não vai se agravar”. (Fonte: https://butantan.gov.br/).

O site informa ainda que, após tomar a vacina, os vacinados ainda poderão contrair o vírus, porém, ela não se desenvolverá, mas poderá ser transmitida. “As vacinas atuam na prevenção e evitam o contágio, induzindo a criação de anticorpos por parte do sistema imunológico”, confirma o site.

“Agora sim, podemos ver uma luz no fim do túnel a respeito dessa pandemia. Foi dado o pontapé inicial e esperamos que logo estamos com toda nossa população imunizada. Agradeço à todos os profissionais da nossa Unidade, pois sei a dificuldade que passamos desde o início desta pandemia, todo o mérito deve ser dado a esses profissionais”, declarou o secretário de Saúde, Silvio Montelo.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página